"Nenhum ideal religioso pode nortear uma nação" diz ator da Globo


O ator Johnny Massaro, que interpreta um jovem que vive numa família conservadora na novela das 9 da Globo, "A Regra do Jogo", deu uma entrevista ao portal IG e atacou a forma que o país vive. 

Quando foi perguntado sobre a polarização política que vemos no País hoje interfere na expressão cultural, ele foi direto e disse:

Se essa polarização fosse realmente
forte, seria ótimo. Mas o que tenho visto é uma onda de extrema direita, conservadora e anacrônica, e uma esquerda enfraquecida, acuada e sem voz. Ou seja, a balança está desregulada. Talvez até quebrada. E isso dificulta não só a expressão cultural como qualquer forma de expressão. Por exemplo, nenhum ideal religioso pode nortear uma nação porque Deus, por maior que seja a fé, é uma ideia, um sentimento, um apontamento, um estado, uma energia. Meu Deus não é maior nem melhor nem menor nem pior do que o seu.
De maneira geral, acho que isso passa por anos de negligência em educação. Sem falar desse sistema de educação castrador e mofado, que ensina matemática e gramática mas não abraça às artes, a filosofia, a subjetividade e que, portanto, não possibilita a autonomia de pensamento. Aí é claro que Deus vira explicação pra tudo porque é mais fácil pensar as coisas desse ponto de vista formal e chapado que divide tudo em bem e mal, céu e inferno. Aí junta tudo e temos que, em pleno século XXI, defender igualdade de gênero, de raça. Como se a humanidade já não tivesse passado por horror o suficiente. Eu só fico me perguntando: afinal, as pessoas têm medo de que?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin