São Paulo deve ganhar “Dia do pastor”


Os deputados da Comissão de Educação e Cultura do Estado de São Paulo aprovaram na semana passada o parecer do  Projeto de Lei 1.018/2015 que institui o Dia do Pastor.
O projeto é de autoria do deputado Cezinha de Madureira (DEM) e pretende instituir a data em homenagem aos pastores, passando a comemorar o Dia do Pastor anualmente no segundo domingo do mês de junho.

“Não podemos nos esquecer do papel importante do Pastor Evangélico, que não se trata de um profissional evangelista, mas sim de um oficio de um sacerdócio”, diz a justificativa do projeto.
A Comissão o PL foi aprovado de forma conclusiva e não irá passar pelo Plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) para votação, será enviada diretamente para a sanção do governador Geraldo Alckmin.

Se for sancionada, a lei passa a valer no ano de 2016 em todo o Estado. “A lei fará justiça a milhares de pastores e pastoras de todo o Estado de São Paulo, que dedicam a vida a igreja”, afirma Cezinha de Madureira, ligado à Igreja Assembleia de Deus do Brás.

O parlamentar ainda agradeceu aos deputados da comissão que entenderam a importância de seu projeto. “Tenham a certeza de que cada um de vocês que ajudaram a aprovar o projeto estão ajudando na missão da evangelização, que considero vital para qualquer sociedade”.

GOSPELPRIME

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin